Como elaborar o seu currículo.

ATENÇÃO!!!

ESSE BLOG MIGROU PARA O ENDEREÇO:

http://consultoriaemcarreira.com.br

ACESSE O NOVO BLOG E CONTINUE ENVIANDO AS SUAS PERGUNTAS.

OBRIGADA,

MARINA GOMES
___________________________________________________________________________________________________________________

A busca pela inserção ou recolocação no mercado de trabalho sempre se inicia com a elaboração do Currículo, deste modo, segue abaixo um breve roteiro sobre como elaborá-lo.

Nos últimos anos, a concorrência para conquistar um espaço no mercado de trabalho tem aumentado exponencialmente; diante disto, as empresas recebem uma demanda muito grande de currículos. A primeira ação a ser tomada pelas empresas é selecionar esses currículos; somente os melhores irão passar nesta primeira etapa de seleção. Diante deste cenário, o candidato a estágio/emprego deve atentar-se em elaborar um currículo bem estruturado, com visual atrativo, objetivo (uma ou duas folhas) e de fácil compreensão, destacando suas qualificações de modo a transformar seu currículo em um “gerador de entrevistas”.

Cada empresa e/ou vaga é diferente, deste modo, o candidato deve elaborar seu currículo de acordo com a vaga que está pleiteando, destacando as características com maior similaridade com o perfil desejado pela empresa. Por isso, é preciso buscar o maior número possível de informações a respeito da vaga e da empresa. Neste ponto, é importante ressaltar que o candidato jamais deve mencionar ou relatar em seu currículo aquilo que não possa comprovar; isto, muito provavelmente, será causa de dificuldades ou de constrangimento nas etapas seguintes, durante o processo de recrutamento, seleção e contratação.

Estrutura do Currículo:

1º Inicie o currículo com seus Dados Pessoais (nome completo em destaque, estado civil, idade e nacionalidade) e Dados de Contato (endereço, telefone, homepage e e-mail);

2º Em seguida, descreva, resumidamente, o seu Objetivo Profissional, deixando clara a área de atuação e o cargo de seu interesse;

3º A seguir, faça um resumo de suas Qualificações Profissionais; este item equivale a uma carta de apresentação do candidato na qual se deve chamar a atenção do selecionador para as principais realizações e qualificações, de forma que o leitor se interesse em ler o currículo por inteiro;

4º O próximo item é Formação Acadêmica; descreva da formação mais atual para a última, destacando o titulo do curso, a instituição, datas de início e término e estado atual (completo, cursando, interrompido etc);

5º O próximo passo é informar sobre a sua Experiência Profissional, porém, caso nunca tenha trabalhado, valorize o currículo incluindo atividades não-remuneradas, estágios, projetos, pesquisas e trabalhos voluntários, no intuito de despertar o interesse do selecionador. Descreva da experiência mais atual para a última, destacando o nome da empresa e o local onde ela está instalada, cargo atual, datas de início e saída e principais atribuições;

6º Para finalizar o currículo:

· Idiomas – descreva o nível de conhecimento do idioma, destacando viagens internacionais e cursos no exterior, mencionando as datas em que foram realizados;

· Informática – inclua conhecimentos de softwares como Windows, Office e/ou aqueles específicos da área de atuação;

· Cursos Complementares – coloque aqui os cursos mais recentes e que estejam diretamente relacionados com a vaga pleiteada, destacando o nome do curso e da instituição.

Rafael de Souza
Especialista em Gestão Estratégica de Negócios e em Gestão de Pessoas. (Material enviado via LinkedIn).

Pontos Fortes e Pontos Fracos.

ATENÇÃO!!!

ESSE BLOG MIGROU PARA O ENDEREÇO:

http://consultoriaemcarreira.com.br

ACESSE O NOVO BLOG E CONTINUE ENVIANDO AS SUAS PERGUNTAS.

OBRIGADA,

MARINA GOMES
___________________________________________________________________________________________________________________

Adoreiii, por isso postei!!!

 

“Olá”, diz uma ouvinte. “Gostaria de saber o que responder quando o entrevistador pergunta quais são meus pontos fortes e meus pontos fracos.”

Perfeitamente.

Você pode responder o seguinte: “Meus pontos fortes são três: a sagacidade para contrabalançar a opressão da rotinização, o discernimento para não redundar e uma pertinácia não casualística. E meus pontos fracos são dois: agastamento com sorrabadores e introspecções extemporâneas.”

Caso o entrevistador dê uma gargalhada, você estará diante de uma pessoa inteligente e de uma ótima empresa para se trabalhar. Mas se o entrevistador se sentir ofendido com a sua resposta, você poderá se desculpar pela tentativa de ser engraçadinho, e explicar melhor.

Seus pontos fortes são a capacidade para contribuir além da rotina diária, a sabedoria para não falar quando não tem certeza e a vontade de superar qualquer meta que lhe for passada. E seus pontos fracos são a intolerância para com os puxa-sacos e uma tendência de se desligar de vez em quando.

Aí o entrevistador passará para a pergunta seguinte, que certamente será: “Como você se vê daqui a cinco anos?” No fim, talvez você seja contratada, mas já entrará na empresa sabendo que não terá muito espaço para exercitar a sua criatividade e nem poderá sonhar com uma promoção em médio prazo. Empresas que fazem perguntas padronizadas em entrevistas e aceitam respostas também padronizadas dos candidatos, estão procurando empregados que não têm muitas ambições na carreira.

Como conseguir um emprego não está fácil, muitos candidatos respondem não o que de fato estão pensando, mas aquilo que eles acham que o entrevistador deseja ouvir. Aí conseguem o emprego e depois ficam se lamentando porque a empresa é quadrada, o chefe é centralizador e os colegas são acomodados.

sinceridade na hora de responder quais são os pontos fortes e fracos, e cada um sabe quais são os seus, pode prejudicar as chances de contratação em algumas entrevistas. Mas por outro lado, a falta de sinceridade poderá até render um emprego, só que o candidato estará enganando a si próprio.

Ser sincero é sempre a melhor opção. Mas cada um deve avaliar o quanto precisa de um emprego. E o quanto estará disposto a sofrer as conseqüências de conseguir o emprego errado.

Max Gehringer, para rádio CBN.

Atitudes que Agradam o Entrevistador.

ATENÇÃO!!!

ESSE BLOG MIGROU PARA O ENDEREÇO:

http://consultoriaemcarreira.com.br

ACESSE O NOVO BLOG E CONTINUE ENVIANDO AS SUAS PERGUNTAS.

OBRIGADA,

MARINA GOMES
___________________________________________________________________________________________________________________

Energia : Candidatos que comuniquem uma grande energia e disposição para trabalhar, se destacam. Devagar não vende.

Motivado : O desejo de todo empresário é ter funcionários motivados e, em sua entrevista, você deve transmitir entusiasmo para trabalhar e superar dificuldades.

Persistente : A persistência, às vezes, vale mais do que a inteligência.

Responsável : O candidato que mostra sua preocupação em arcar com suas responsabilidades e nunca “deixa a peteca cair” é muito desejado.

Honesto : Esse é um problema muito grande nas empresas. Estamos sempre suspeitando de uma pessoa que fala de sua própria honestidade. É muito melhor apresentar referências convincentes que comuniquem sua integridade.

Dedicado : O candidato que se dedica ao trabalho é peça fundamental na organização. Você deve tentar comunicar essa qualidade, mas sem exageros…

Analítico : Hoje em dia, os candidatos precisam ser calculistas e analisar profundamente as alternativas. Nas entrevistas comunique essa qualidade.

Orientado para Objetivos : Queremos funcionários que definam e procurem atingir objetivos.

João Carlos Cruz – Headhunter, Economista e Administrador de Empresas, com especialização em Finanças e Planejamento Estratégico pela Universidade de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas e Universidade de Boston – Mass – U.S.A.

Fonte: novosplanos.com

Os Pilares para o Novo Emprego.

ATENÇÃO!!!

ESSE BLOG MIGROU PARA O ENDEREÇO:

http://consultoriaemcarreira.com.br

ACESSE O NOVO BLOG E CONTINUE ENVIANDO AS SUAS PERGUNTAS.

OBRIGADA,

MARINA GOMES
___________________________________________________________________________________________________________________

Todos devem entender perfeitamente a importância desse momento especial na sua vida, bem como, a recompensa que tudo isso poderá proporcionar para toda a família.

Mas vamos lá, mãos à obra… Todos sabemos o quanto as empresas estão cada vez mais exigentes neste início de século, e para completar ainda tem o aumento excessivo da concorrência. Em virtude disso só existe uma saída: você precisa se destacar na multidão, e para que isso ocorra, enfatizamos quatro pilares :

1 – Planejamento : Faça tudo com muito planejamento e não esqueça que a busca pelo novo emprego é mesmo uma arte. Faça uma análise do mercado e uma auto análise, é como você tivesse que vender a sua marca… o que você realmente tem a oferecer de melhor para que o empresário possa lhe contratar ? Com base nisso, monte a sua estratégia.

2 – Currículo Profissional : Podemos dizer que o currículo é de fato o primeiro contato seu com a empresa, daí a importância de se ter um currículo que se destaque. É um currículo profissional e que chama a atenção que poderá gerar uma entrevista, aliás esse é o principal objetivo do currículo. E não esqueça que seu “super currículo” deve estar sempre acompanhado de um bom Networking e de um ótimo Marketing Pessoal.

3 – Marketing Pessoal : Imagine se todas as obras de Leonardo Da Vinci estivessem sido escondidas em um porão… a humanidade jamais teria conhecido tudo isso. Pois bem com você é a mesma coisa, não adianta ter uma carreira e um currículo excepcionais e não mostrar isso para o mercado de trabalho. Cuide extremamente de sua aparência, de seus contatos, faça um site pessoal, mostre sua carreira para o mundo, mostre para todos o quanto você é especialista e generalista no que faz.

4 – Entrevista de Sucesso : Veja bem, de nada adianta ter esbanjado categoria nas fases anteriores se não fizer uma entrevista de altíssimo nível. A dica: não encare uma entrevista de emprego como uma tortura, lembre-se que o selecionador ou o empresário precisam conhecer sua experiência na área, suas atitudes, sua personalidade, etc… ninguém contrata pessoas no escuro total porque isso pode gerar custos e perda de tempo. Portanto, encare a entrevista como uma oportunidade ímpar que você tem para mostrar o quanto você é bom no que faz.

João Carlos Cruz – Headhunter, Economista e Administrador de Empresas, com especialização em Finanças e Planejamento Estratégico pela Universidade de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas e Universidade de Boston – Mass – U.S.A.

Fonte: novosplanos.com

A Nova Entrevista de Trabalho.

ATENÇÃO!!!

ESSE BLOG MIGROU PARA O ENDEREÇO:

http://consultoriaemcarreira.com.br

ACESSE O NOVO BLOG E CONTINUE ENVIANDO AS SUAS PERGUNTAS.

OBRIGADA,

MARINA GOMES
___________________________________________________________________________________________________________________

Lendo a matéria da revista “você s/a” de junho 2010 destaquei alguns pontos que achei interessante e que precisamos saber ao participar de uma entrevista de emprego.

Agora a tendência é que os entrevistadores querem saber sobre sua vida pessoal.

As empresas estão cada vez mais exigentes na hora de contratar e os processos cada vez mais longos. É como eu sempre digo: Não precisa desesperar porque demora mesmo.

Você geralmente faz testes, entrevistas, dinâmicas e depois tem que aguardar por semanas ou até meses por uma resposta, seja positiva ou negativa.

Um ponto importante na hora de se preparar para uma entrevista é buscar informações sobre a cultura da empresa e principalmente mostrar interesse.

Na matéria diz: “As competências pessoais e os valores das pessoas se tornaram determinantes para a contratação. Informações sobre história de vida, visão de mundo, crenças e desejos passaram a fazer parte das entrevistas. A idéia é saber o quanto o perfil do candidato esta alinhado a cultura da empresa.”

O que esta sendo abordado é a felicidade do funcionário e essa felicidade só se torna real quando o funcionário “combina” com a empresa e isso é mensurado através das características do perfil do candidato em relação a cultura da empresa.

As perguntas da entrevista de trabalho giram em torno de como o candidato consegue consiliar vida profissional e pessoal e como é seu relacionamento familiar.

Espero realmente que a preocupação com o funcionário seja constante e verdadeira e não apenas para satisfazer as necessidades da empresa, pois se os gestores conseguirem cada vez mais buscar a felicidade dos funcionários as empresas tem grande chance de crescimento e satisfação do cliente.

Vamos trabalhar para que a tendência da “felicidade” continue e que todos se beneficiem com isso!

Fonte: Revista você s/a de junho 2010.

Preenchimento de Vagas.

ATENÇÃO!!!

ESSE BLOG MIGROU PARA O ENDEREÇO:

http://consultoriaemcarreira.com.br

ACESSE O NOVO BLOG E CONTINUE ENVIANDO AS SUAS PERGUNTAS.

OBRIGADA,

MARINA GOMES
___________________________________________________________________________________________________________________

Na Pós-Graduação desenvolvemos como seriam as atividades para preencher vagas solicitadas por clientes a uma Consultoria.

Segue:

Empresa: Consultoria de Recrutamento e Seleção.

Nome da Atividade: Preenchimento de vagas solicitadas por clientes.

Descrição de cada etapa desta atividade:

Recebimento da Requisição de Pessoal preenchida pelo cliente:

Cliente encaminha à Consultoria um formulário de Requisição de Pessoal preenchida e assinada, onde consta a descrição do perfil da vaga requisitada.

Analisar currículos existentes no Banco de Dados:

Após analisarmos manualmente o perfil da vaga mencionado no formulário de requisição, entramos em nosso sistema de Bando de Dados onde ficam armazenados todos os currículos cadastrados no site, e através do sistema de filtro que ele possui, inserimos no campo de busca os principais requisitos da vaga (idade, formação acadêmica e etc).

Através do filtro, o sistema irá localizar apenas os currículos dos candidatos que possuem tais requisitos, e serão estes candidatos que serão encaminhados para uma entrevista pessoal na Consultoria. (Questionar interesse do candidato).

Além do Banco de Dados existente através dos cadastros realizados no site, atualmente temos também o recebimento de currículos impressos, que são arquivados e analisados manualmente.

Divulgar a Vaga:

Caso o Banco de Dados não localize nenhum currículo, ou o número mínimo de candidatos com o perfil da vaga, divulgaremos a vaga em nosso site e em nosso painel de vagas, onde a inserção do anuncio acontece manualmente.

Contatar candidato para participar de entrevista na Consultoria:

O contato com o candidato é feito via telefone, mensagem via celular ou e-mail.

Realização da Entrevista Pessoal:

Realizamos uma entrevista individual com cada candidato, onde o candidato contará oralmente detalhes de suas experiências profissionais anteriores, bem como situações diversas já vivenciadas.

A avaliação do candidato neste momento é feita pelo entrevistador, que além de observar e anotar as respostas do candidato, também analisa e anota aspectos comportamentais consideráveis.

Caso o candidato seja aprovado, o mesmo será encaminhado para a realização de testes de conhecimentos específicos e também psicológicos.

Avaliação Específica:

O candidato aprovado na entrevista realizada pela Consultoria passará por algumas avaliações específicas de acordo com a vaga concorrida. Estas avaliações são realizadas através de testes psicológicos, questionários e formulários impressos que serão preenchidos pelo candidato. Esses documentos são tabulados manualmente, e caso o candidato obtenha uma pontuação acima da média pré-definida, será encaminhado para uma entrevista pessoal com o requisitante da vaga.

Entrevista Pessoal com o requisitante:

A entrevista acontece na própria Consultoria ou nas dependências da empresa contratante, porém o entrevistador neste caso é o requisitante, que através de questionamentos orais conhece um pouco mais do candidato, e de uma forma rápida, repassa pelas questões feitas pelo entrevistador da Consultoria a fim de confirmar as informações dadas.

Encaminhar Candidato ao Cliente para efetivação dos processos de admissão:

Caso o Candidato seja aprovado pelo requisitante, o mesmo será encaminhado para o RH da empresa requisitante para finalizar os processos de admissão. Neste caso, para a Consultoria o processo é considerado como finalizado. Porém a consultoria da à garantia de um período de “experiência” caso o requisitante necessite trocar de candidato, e neste caso iniciamos novamente o processo seletivo.